Sobre a raiva e outros sentimentos negativos

Raiva

Como seria a sua vida se não houvesse a raiva e a ansiedade?

Se pudesse ver os problemas de outra forma?

Como seria seus relacionamentos, seu trabalho, sua casa, seus sonhos, suas atividades diárias, sua família e sua vida financeira.

As vezes criamos uma realidade em nossa cabeça e ficamos presos a estes pensamentos, é como se o tempo não passasse e as coisas não se resolvessem.

Você acaba se sentindo preso em uma realidade paralela.

VEJA TAMBÉM SOBRE:

Vou lhe contar um fato que aconteceu

Me lembro de um amigo me contar, sobre o dia que sua esposa comprou um liquidificador com defeito em um supermercado, jogou fora a embalagem, perdeu o cupom fiscal do produto e pediu para ele resolver este problema da troca.

Ele ficou um dia inteiro pensando nos problemas, no fato de ter perdido o cupom fiscal da troca, na briga que ele iria ter com o gerente caso não fosse feita a reposição do aparelho e até chegou a pesquisar onde deveria reclamar para ter os seus direitos assegurados.

Foi um dia de tensão na cabeça dele!

Ele não conseguiu trabalhar pensando em todos os problemas que ele enfrentaria para trocar aquele bem com defeito.

O enredo desta troca já estava montado na cabeça dele como um filme, e ouso lhe dizer que ganharia o Oscar de melhor roteiro.

Foi então que ele resolveu pegar uma sacola do mercado, colocar o liquidificador dentro e ir para sua jornada em busca da substituição do produto com defeito.

Ele foi o caminho de sua casa até o mercado vivendo uma realidade paralela que não existia, brigando em seus pensamentos, atuando em sua imaginação e pensando as coisas que diria para o gerente.

Foi aí que ele estacionou o carro, entrou no supermercado e já falou esbravejando com o primeiro colaborador que avistou: EU QUERO FALAR COM O GERENTE.

Prontamente, o funcionário chamou o gerente que veio apressado para resolver o problema.

O gerente perguntou no que podia ser útil para ele e então com seu liquidificador em mãos disse:

– ESTA PORCARIA VEIO COM DEFEITO E EU QUERO TROCAR. EU CONHEÇO MEUS DIREITOS.

O gerente, com um olhar sereno disse:

– Pode ir lá! Escolhe outro produto do mesmo valor ou o mesmo item.

Amigo: – Mas eu não tenho mais o cupom.

Gerente: – Não tem problema, vai lá e pega outro.

Amigo: – Mas eu não tenho cupom e joguei a caixa fora.

Gerente: – Tudo bem, só ir lá e pegar outro.

Este amigo não acreditava no que estava acontecendo. Ele estava trocando o produto sem a caixa e sem a nota fiscal. Ele estava se sentindo a pessoa mais feliz do mundo com este feito e não via a hora de chegar em casa e contar para sua companheira.

Chegando em casa, ele foi correndo contar para sua esposa sobre o feito e foi rapidamente interrompido pela mulher que disse:

– Amor, você não sabe o que aconteceu. Eu não comprei o liquidificador no supermercado, eu comprei na loja do shopping e achei a nota fiscal.

O que aconteceu com este amigo, é a mesma coisa que acontece com a maioria de nós:

Criamos realidades que só existem em nossas cabeças. Travamos batalhas internas que muitas vezes nem acontecerão. Alimentamos inimigos que não existem e criamos problemas que muitas vezes nunca teremos que lidar. Mas o mais maléfico deste hábito, sem dúvida é o tempo e a energia mental que gastamos pensando em tudo isso.

A raiva, funciona como um amplificador que aumenta e muito os aspectos negativos, assim sendo, nós ficamos cegos, surdos e sem qualquer capacidade racional de tomar decisões sábias. Com isso, atitudes estúpidas acabam sendo tomadas, e como resultado nós nos arrependemos posteriormente.

Como eu controlo a raiva e outros sentimentos ruins

Quero compartilhar algumas dicas práticas para o dia a dia e que podem lhe ajudar a combater o sentimento de raiva:

1. Pense antes de falar
2. Nunca tome uma decisão quando estiver com raiva ou nervoso
3. Faça exercícios físicos regularmente (gaste energia)
4. Tire um tempo para fazer o que realmente ama
5. Identifique possíveis soluções para os problemas que lhe incomodam
6. Identifique seus gatilhos de estresse
7. Não guarde rancor
8. Use o humor para liberar a tensão
9. Pratique meditação ou yoga
10. Saiba quando procurar ajuda

BAIXE GRATUITAMENTE O EBOOK MINIMALISMO – 31 MANEIRAS DE SIMPLIFICAR SUA VIDA EM 10 MINUTOS OU MENOS.

Sei que quando falamos de raiva no papel tudo é muito lindo, entretanto na prática o que acontece é outra coisa. Mas acredito que você possa identificar seus gatilhos de raiva, estresse e ansiedade para trabalhar de forma preventiva.

Quando o sentimento da raiva vem, a única coisa que resta é se isolar para não tomar atitudes estúpidas e machucar as pessoas.

Lembre-se: Somos nós que permitimos que a raiva dos outros nos afete e que nossa raiva afete os outros.

Um grande abraço

Pedro Engler

Não esqueça de acompanhar…
PODCAST: Conheça o PODCAST do site VIDA MINIMALISTA
VÍDEOS: Assine o Canal do YouTube do VIDA MINIMALISTA
MATERIAIS EM PRIMEIRA MÃO: Faça parte do TELEGRAM do VIDA MINIMALISTA

 

Sua avaliação é importante
0 / 5 4.91