Propósito de vida

Acredito que se sairmos perguntando para as pessoas na rua se elas tem um propósito de vida pré definido, creio que a maioria esmagadora dirá que não.

BAIXE GRATUITAMENTE O EBOOK MINIMALISMO – 31 MANEIRAS DE SIMPLIFICAR SUA VIDA EM 10 MINUTOS OU MENOS.

Por muitos anos em minha vida eu sobrevivi, assim como muitos, ao invés de viver uma vida com propósito.

Eu apenas existia: ia de casa para o trabalho e do trabalho para casa. Resolvia problemas do dia a dia, apagava incêndios e como diz a canção eu deixava a vida me levar.

Vivia de pagamento em pagamento, suportando um trabalho e o convívio com pessoas tóxicas, apenas pelo dinheiro no final do mês e achava que no futuro quando tivesse estabilidade financeira ou em minha carreira, isso iria mudar.

Engano meu!

Acredito que você já tenha se sentido assim, acordando de manhã sem um propósito.

Mas o que mudou em minha vida de lá para cá?

Você já ouviu aquele ditado: mudar pela dor ou pelo amor?

Lembro me de trabalhar das 8 da manhã até as 18 da noite, ir para faculdade e depois ir tocar em bares para juntar algum dinheiro, afim de pagar o financiamento do carro e da faculdade.

Que horas eu dormia? Entre as 03 e 07 da manhã.

Bem, no meu caso eu mudei pela dor, pois anos após esta rotina meu corpo deu sinais que não estava bem, mas continuei a ignorar. Isso, porquê estava começando a empreender e como todos que se iniciam neste processo, eu acreditava que o meu propósito de vida era juntar dinheiro para comprar coisas que achava que precisava.

No ano de 2011 durante uma tomografia descobri que estava doente com um tumor de 15 cm em meu fígado e que o diagnóstico mais preciso era um carcinoma, porém havia uma mínima chance de não ser nada.

Bem, lhe confesso que não sabia o que significava desta palavra (carcinoma), até o google me contar e o médico me dizer que caso esta hipótese fosse real, eu teria mais três meses de vida.

Já ouviu a frase: Sua vida passa diante dos seus olhos?

Sabe quando falei lá em cima sobre mudar pela dor ou por amor? Bem, eu estava no período mais ácido da minha vida, pois eu não sabia o que aconteceria no futuro, alias ninguém sabe… mas temos a ilusão de viver uma vida tranquila até a velhice!

Mas o que tudo isso tem haver com você e sua vida?

Depois de passar por uma cirurgia as pressas e ver que aquela chance de 1% de ser apenas um tumor benigno era real, realmente entendi algumas coisas da vida e quero partilha-las com você, pois quero que você aprenda por amor e não pela dor.

Depois desta experiência terrível que afetou minha vida, assumi um compromisso de mostrar o caminho para as pessoas, pois não quero que ninguém aprenda pela dor.

O que aprendi com esta situação:

1- A primeira coisa que me questionava era: se tudo acabar hoje, eu terei vivido uma vida plena e com propósito? Ter um propósito de vida, significa saber o que você realmente quer pra sua vida. É aquele fator que te tira, com entusiasmo, de sua cama naquele domingo de chuva logo cedinho para fazer aquilo que ama. Quanto mais vivermos nosso propósito e fizermos o melhor em cada coisa, mais significativa será nossa vida.

2- Pratique o desapego, já que coisas não são importantes: Eu pensava que se eu partisse, as coisas que gastei tempo (dinheiro) de minha vida trabalhando e comprando, seriam doadas, vendidas ou descartadas, pois aquilo era importante pra mim e não era para os outros. Foi então que via que coisas não eram importantes.

Um bom exercício, é você pensar como você fosse se mudar de casa ou país. Veja o quanto de coisa entulhou em seu lar. Seu lar é seu templo e não um depósito de lixo.

Ter um celular, um computador ou um carro do momento, não definia quem eu era e isso só me mantinha ocupado trabalhando para ganhar mais dinheiro para sustentar este estilo de vida que idealizava.

Estes itens estão aqui para te desviar do seu verdadeiro propósito, já que você perde tempo (dinheiro) com coisas que são momentâneas e tem sua obsolescência programada.

3- Foque no seu autoconhecimento: Por volta do século IV AC na Grécia antiga, já se dizia: conhece a ti mesmo.

Comece fazendo algumas perguntas (indagações) que lhe faça parar para pensar sobre o que é significativo para você e como você pode tornar-se uma pessoa melhor.

Costumo dizer para alguns amigos, que não são os politicos que mudam um país e sim o seu povo. A partir do momento que buscarmos o autoconhecimento e corrigirmos nossos erros, teremos uma nação melhor.

4- Busque o seu desenvolvimento espiritual: Isso não tem nada haver com religião ou religiosidade e sim em você se conectar com aquilo que acredita.

Por todo meu processo que passei durante a descoberta de um tumor até a cirurgia, eu me visualizava curado e saudável. Em troca eu estaria ajudando pessoas a trilharem sua jornada (o que faço hoje com o projeto vida minimalista). Eu buscava através de meditações e visualizações a minha sintonia com aquilo que queria e tudo aconteceu do jeito que imaginava. Uma recuperação que levaria em torno de semanas dentro do hospital, levaram 5 dias.

Sempre que as coisas sairem dos trilhos, é importante você parar e conectar-se com aquilo que acredita.

5- Não se cobre tanto: Durante meu processo de luta contra o problema, entendi que a pior coisa que pode acontecer na vida não são boletos vencidos, cheque especial, fatura de cartão de crédito, fim de relacionamento ou problemas com o trabalho e sim você chegar no final de sua vida e não ter vivido tudo aquilo que tinha vontade.

Problemas virão e passarão, então não se cobre por isso. No final tudo se ajeita e coisas melhores surgem da adversidade.

6- Tenha gratidão pela vida: Sempre fui muito grato pela minha vida e depois desta experiência de cair a ficha que sou mortal e a qualquer momento posso continuar minha jornada em outro lugar, comecei a dar mais valor para cada segundo de minha vida.

Todos nós temos nosso tempo e nossa missão aqui neste planeta, então aproveite bem sua caminhada e agradeça por estar respirando, pois isso é fantástico e a vida é maravilhosa!

 

Desejo muita luz em seu caminho!

Não esqueça de acompanhar…
PODCAST: Conheça o PODCAST do site VIDA MINIMALISTA
VÍDEOS: Assine o Canal do YouTube do VIDA MINIMALISTA
MATERIAIS EM PRIMEIRA MÃO: Faça parte do TELEGRAM do VIDA MINIMALISTA

 

Sua avaliação é importante
0 / 5 5